A campanha da Cordilheira: diário do exército, volume 1 / Visconde de Taunay

Novo

- Estrelas (0)

1 Downloads

Dono: publicaciencia

Versão: 1.0

Última Atualiz.: 09-08-2018 14:20

Compartilhar

DescriçãoVisualizarVersões

PREFACIO
Finda a Retirada de Laguna, foi o então 2º tenente de
artilharia, autor deste livro, encarregado pelo bravo
commandante chefe das forças em operações em Matto
Grosso, Major José Thomaz Gonçalves, de levar ao
Governo as partes officiaes relativas á campanha.
Foi por seu intermedio que se teve no Rio de Janeiro,
e no resto do Brasil, noticia da epopea da campanha de
abril e maio de 1867, em que os nossos soldados,
exinanidos de forças, mas nunca de animo, salvaram as
bandeiras e os canhões que o Brasil lhes confiara.
Em principios de 1869, havendo se demittido do
commando de nossas forças, no Paraguay, o glorioso
Caxias, foi por decreto de 22 de março deste anno
nomeado commandante em chefe de todas as forças
brasileiras em operações contra o sinistro Solano Lopez o
Marechal do Exercito Conde d’Eu, que requisitou o joven
official para servir no seu Estado Maior.
Assim voltou elle ao theatro da guerra, tendo partido
do Rio de Janeiro com o Principe a 30 de março seguinte.
A 16 de abril estava elle em Luque no acampamento do
exercito, sendo pelo Principe nomeado membro da
commissão de engenheiros e especialmente incumbido da
redacção do Daário do Exercito. Na attes-tação que lhe
passou, a 22 de agosto de 1870, toda do próprio punho do
Conde d’Eu, documento transcripto nas Beminiscencias
de guerra e de viagem, obra da lavra do autor deste
Diário (pags. 105 -106), diz o Príncipe :
« Nesta qualidade (na de redactor do Diário do
Exercito) acompanhou o Quartel General na marcha que
se emprehendeu de Luque, a 22 de maio, com destino a
Pirayú; commigo assistiu aos differentes reconhecimentos
que se dirigiram contra as posições inimigas de Ascurra,
Cerro Leão e Cabanhas; marchou a 3 de agosto no
movimento destinado a contornar a cordilheira de
Ibitirapé ; tomou parte no assalto de Peribebuy a 12 e á
batalha de Campo Grande a 16, tudo do mesmo mez.
Nestas duas acções se conservou a maior parte do tempo
a meu lado, ao alcance dos tiros inimigos e ás vezes
adiantou-se mais, para ir aos lugares onde se achava
travada a peleja, portando-se em tudo com a bravura
própria de um official brioso. No dia 18 continuou commigo
a marchar para Caraguatahy e de ahi a 3 de
setembro para

Hits: 17

Hits: 17

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.